Desnotícias:Libertadores 2019: BRêmio e Flamídia nas semifinais

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.


Bem amigos da Desciclopédia, a Libertadores 2019 está aí, e depois de muita correria, muitos gols perdidos e muitas confusões tamanho família, estão definidos os representantes brasileiros das semifinais: o BRêmio, que surpreendeu a todos brocando o time da Crefisa em pleno Ananias Park e o Cheirinho, que fez sua lição fora de casa e passou com o regulamento debaixo do braço empatando com as coloridas no Beira-Rio.

Palmares x BRêmio[editar]

O time da dona Leila começou tendo a vantagem, tendo em vista a vitória no jogo da ida com o gol do meio da rua do Scarpinha. E como o Big Phil é um famoso entusiasta dos esquemas táticos mais comedidos, esperava-se que o Palmares iria avançar para a próxima fase e continuar na busca do seu tão sonhado mundial. E de fato, o próprio Palmares começou o 2º jogo na frente. Aos 12 minutos da primeira etapa, escanteio pro Palestra, muito bate-e-rebate na área, Luiz Adriano se aproveitou de mais uma saída totalmente sem nexo do Paulo Victor e tocou pro gol. 1x0 Verdaum.

Parecia que estava tudo acabado para os degustadores de cacetinho, mas foi que as tricoletes mostraram que seu apelido de bixa IMORTAL não é á toa. Cinco minutos depois, falta pro BRêmio perto da grande área, e Alisson, sabendo que em bola aérea os jogadores do Palmeiras adoram brincar de estátua, sacudiu a bola pro meio da cozinha. Dito e feito: a zaga palmerdense apenas contemplou Little Onion correr sozinho e bater sem angulo por cima do Tyranossauro Weverton. 1x1.

Duro golpe pro time dos sem mundial, mas eles nem tiveram tempo de absorver o impacto direito, pois quatro minutos depois Pequena Cebola cortou como um raio todos os defensores do Palmerda, que pareciam estar com anemia, e só foi parada pelo Weverton Braçinhos de Jacaré, que saiu como uma mula do gol e deixou a bola livre pra Alisson deixar o dele. 2x1 BRêmio.

Agora sim os palestrinhas estavam em apuros. Atrás no placar, as verdinhas correram atrás do prejuízo nos poucos minutos de primeiro tempo que lhe restavam, mas não conseguiram saldar o débito negativo porque o animal o Willian Bigode estava numa noite borjada e conseguiu a façanha de perder dois gols sozinho.

No segundo tempo, como estavam em desvantagem, as porquinhas precisavam mudar o time pra ficar mais ofensivo, com mais chances de criação de gol. Big Phil percebeu o momento, e decidiu tirar mais uma de suas brilhantes sacadas da cartola:

Cquote1.png Alteração no Palmeiras! Sai Willian camisa 29, entra o camisa 16... Deyverson! Cquote2.png

Preciso dizer que o Palmerda não conseguiu porra nenhuma no ataque? Final de jogo: 2x1, BRêmio classificado para as semis e Renight feliz da vida por voltar a ser o técnico brasileiro mais queridinho da imprensa.

Flamídia x TINDERnacional[editar]

Confiante pela vantagem aberta em seus domínios, a mulambada jogou com tranquilidade o 1º tempo contra as coloridas, dominando os adversários e criando diversas chances de abrir o placar. Só não abriu porque o animal do Gabriel Barbosa (pelos episódios recentes e antigos, me recuso a chamar esse sujeito de Gabigol) perdeu todas elas. No mais não teve muita coisa mesmo, D'Alessandro tentou animar a partida criando treta, mas as narizinhos não caíram no velho truque do Iniesta argentino.

A imagem veio atrasada, mas a zoeira começou cedo

O segundo tempo começou com muita pancada e porradaria gratuita, como todo bom jogo de Libertadores deve ter. Dali em diante o Inter pressionou os urubuzentos e apertou pelo lado esquerdo até finalmente sair um gol: D'Ale levantou na área e Rodrigo Feioso usou a careca do Patrick Estrela como capacete e subiu pro empurrar no canto esquerdo do gol. Após 25673 minutos de checagem, o VAR tomar no cu confirma: gol ilegal. 1x0 Intra-Anal.

Daí virou um deus nos acuda e o time do Maionese pressionava o quanto podia o Cheirinho. O técnico portuga Jorge Jesus mais uma vez resolveu ajudar os gayúchos colocando o Berrío pro Inter ficar com um a mais, mas nem isso foi o suficiente. Faltando uns 5 minutos pro fim do tempo regulamentar, Bruno Henrique aproveitou um contra-ataque mal-sucedido das coloridas e se mandou pra ataque, levando toda a defesa colorada consigo. Marcando de perto, EDEUSnilson não aprendeu a estratégia do Van Dijk de ficar no meio dos dois atacantes como se estivesse numa suruba e correu pra cima do BH, deixando o Gabriel Barbosa livre, leve e solto do lado direito. Ele perdeu uma vez, perdeu duas, perdeu três e advinhe? Não, dessa vez, supreendentemente, não perdeu. 1x1.

No mais, o jogo não teve mais porra nenhuma. Percebendo que não tinham mais chance, as coloridas tacaram o foda-se e entregaram o jogo, provavelmente pensando na Copa do Brasil. D'Ale mais uma vez tentou deixar as coisas interessantes se estranhando com o Gabriel, mas não passou disso. Final de jogo: 1x1, e o Flamengo segue com seu projeto "Vamo Catar" que irá proporcionar um dos duelos mais aguardados do planeta na final do mundial: Van Dijk x Lincoln.

Outros jogos[editar]

Já classificado e mais preocupado com o Campeonato Argentino, o Boca cagou e andou pra LDU e mandou o Tevez e um bando de reservas empatarem em casa em 0x0 só pra garantirem a vaga. O outro queridinho da CONMEBOL representante argentino na disputa, o River Plate, joga hoje contra o Celso Portiolli ás 19:15.


Fontes[editar]