Real Futebol Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Real Futebol Clube
Escudo do Real FC.png
Brasão
Hino Marchinhas de Exército
Nome Oficial 2° Batalhão de Incêndio do Distrito Federal (Real FC)
Origem link={{{3}}} Distrito Federal - Corpo de Bombeiros
Apelidos Bombeiros
Torcedores Bombeiros
Torcidas Imperialistas; Boate Gay
Fatos Inúteis
Mascote Uma rosca queimada
Torcedor Ilustre Aquele bombeiro que saiu na G Magazine
Estádio Corpo de Bombeiros Vila Planalto
Capacidade sei lá, uns 500
Sede Guará; Brazlândia; Núcleo Bandeirantes; e filiais por todo Distrito Federal
Presidente General Jarrão
Coisas do Time
Treinador Sargento 67
Pior Jogador Nuvola apps core.png Aquele lateral que tropeça na bola toda hora
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Cabo Duro
Patrocinador Associação de Poupança e Empréstimo; Corpo de Bombeiros do Distrito Federal; Supermercado Tatico; uns 4 bancos; 3 hotéis; e mais 5 universidades.
Time
Material Esportivo Padaria do Seu Zé
Liga Campeonato Brasileiro
Divisão Série X
Títulos Campeonato Brasilense da 4° divisão
Ranking Nacional Putz!!
Uniformes



Real Futebol Clube, é um tradicional time candango, serve para fazer número nos campeonatos do Distrito Federal para ter quem o Brasiliense ganhar. Com sede no Núcleo Bandeirantes, a única cidade que se dispôs a abrigar semelhante time. É o antigo Esporte Clube Dom Pedro II e Esporte Clube Dom Pedro Bandeirante nome que foi trocado para a equipe fazer o ridículo de parar de humilhar um dos heróis do Brasil, Dom Pedro II [carece de fontes]

Fundação[editar]

Como Dom Pedro II[editar]

O time posando para a foto.

O Dom Pedro II é uma tradicional equipe do futebol brasileiro, foi fundada em 7 de setembro de 1822 por Dom Pedro II no Rio de Janeiro. Com a mudança da capital para Brasília, o time também se mudou, mas faliu em 1960.

Tudo começou quando o sindicato dos bombeiros entraram em greve em 1997 por conta do salário irrisório da profissão. Como a greve não surtiu efeitos, os bombeiros do Distrito Federal começaram a pensar numa maneira de ganhar um extra por fora. Os bombeiros no início tentaram, sem sucesso, ser empregados em boates gays e agências de go-go boys. Frustrados com essa subvida, foi quando veio a oportnidade de montar um time de futebol profissional, e como esse esporte no Distrito Federal é ridículo de podre, até o time da sua vó se dá bem, os bombeiros compraram o falido Dom Pedro II, e conseguiram restaurar o prestígio do time com uma ascenção meteórica e sempre é o time presente no campeonato.

Depois que subiu para a primeira divisão do Campeonato Brasiliense, nunca mais rebaixou, mas também nunca classificava para a Copa do Brasil. É famoso por perder todos os jogos para o Brasiliense e empatar todos os jogos contra o Gama.

Dom Pedro tem estilo de jogo firme. O clube é formado por bombeiros sarados que correm o jogo todo levando o outro time sempre à exaustão.

Como todo bom bombeiro salva vidas, o Dom Pedro sempre acaba entregando pontos para todos seus adversários, para tentar salvá-los do rebaixamento.

Dom Pedro II além de participar eternamente e perder eternamente o campeonato brasiliense, já jogou a série C em 1999 quando foi eliminado por um time esquisito do Mato Grosso do Sul. No ano seguinte disputou a Copa do Brasil de 2000, quando foi eliminado pela Ponte Preta da cidade de Bambinas fã de bombeiros, e ficou em vigésimo quarto da série C de 2008, a posição preferida dos bombeiros.

Mudança de nome[editar]

Em 2017 o time muda seu nome para Real

Estádio e Torcida[editar]

O Dom Pedro sofre de uma grave crise de identidade no Distrito Federal, já que sua sede fica no Guará, o local de treino fica em Goiás no Estádio Chapadinha na cidade de Brazlândia, mas para facilitar a vida de seus adversários manda os jogos no Metropolitana no Núcleo Bandeirantes. E na verdade o time não tem estádio, mas jogar em qualquer lugar é a mesma coisa, o time não tem torcida mesmo (apenas o pai e a mãe dos jogadores).

Títulos[editar]

  • Campeonato Brasilense da 4° divisão.
  • Campeonato Brasilense da 3° divisão.
  • Campeonato Brasilense da 2° divisão.
  • Nada mais.

Ranking da CBF[editar]

  • Posição: Puta que pariu°
  • Pontuação: 0,001