Viver a Vida

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

TV pós-Globo.

Este artigo é sobre mais um programa de tortura televisiva. Salve-se mudando para o Canal do Boi, ou leia sobre mais essa desgraça da TV.

Cquote1.png Você quis dizer: Páginas da Vida Cquote2.png
Google sobre Viver a Vida
Cquote1.png Você quis dizer: F#der a Vida Cquote2.png
Google sobre Viver a Vida
Cquote1.png Por que será que a Helena desta novela é jovem, negra e sempre se dá mal? Cquote2.png
Eu fazendo uma postagem observadora
Cquote1.png Novela Ruim! Péssima! Horrível! Cquote2.png
Críticos sobre Viver a Vida
Cquote1.png Vão se foder, idiotas!!! A novela é minha e eu escrevo como eu quiser! Cquote2.png
Manoel Carlos sobre frase acima
Cquote1.png Por que você não me chamou pra ser a Helena de novo, Maneco??? Eu atuo melhor que a Taís Araújo! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Viver a Vida
Cquote1.png Porque a Helena tinha que ser jovem e bonita, e você está velha e acabada!!! Cquote2.png
Manoel Carlos sobre frase acima
Cquote1.png Vá se foder, seu bosta! Gata velha ainda mia! Cquote2.png
Regina Duarte respondendo educadamente a Maneco
Cquote1.png Prefiro ir ver o Pelé Cquote2.png
Chaves sobre Viver a Vida
Cquote1.png Tem dias que eu fico, flopando na vida, e sinceramente, não vejo saída... Cquote2.png
Manoel Carlos sobre a novela

Viver o Tédio Viver a Vida é uma novela da Globo que começou em 14 de setembro de 2009 e acabou em 14 de maio de 2010, pois foi um puta fracasso. Escrita por Manoel Carlos, com a ajuda de Gisele Bündchen, Naomi Campbell e Clodovil.

Sinopse[editar]

Logotipo da novela.

Helena é uma modelo de sucesso que casa com um garanhão velho cheio de mulheres e da grana safado chamado Marcos. Ele era casado com uma velha bruxa ranzinza chamada Cinquentereza e tinha 3 filhas com ela: Luciana, uma modelo mimada e chatinha que namora Jorge,um arquiteto carrancudo e chato, com um irmão gêmeo babaca e saltitante chamado Miguel (tão parecidos que são interpretados pelo mesmo ator.), Isabel, uma patricinha aprendiz de vilã, super-reclamona e complexada e Mia, uma garota vinda do orfanato das Chiquititas e adotada para ser outra patricinha bobona e chata. Luciana odeia Helena, pois ela a humilha o tempo todo e está entre as dez mais bonitas da Playboy. Quando ela descobre que Helena e seu pai estão se pegando, Luciana dá um piti e joga uma macumba patrocinada por Mãe Dinah no casal, dizendo que eles nunca serão felizes. Luciana e Helena sao selecionadas para um desfile de primeiro mundo na terra que Judas perdeu as calças em Petra e as duas armam o maior barraco por causa dos bofes que elas conheceram, Bruno e Felipe. Luciana resolve voltar sozinha pra casa numa kombi velha e fodida caindo aos pedaços e ela sofre um acidente de carro, que a deixa aleijada.

Helena e Marcos se casam e ela engravida de um menino,(Marcos, se ferrou, ha!) deixando Marcos desesperado, pois terá que pagar o enxoval, o pediatra, a escola, os brinquedos, as viagens, as drogas, enfim, ele é rico, e vai ter que bancar tudo.

Para esfriar a cabeça, ele vai passar uns dias em Búzios e conhece a bela cigana Dora, uma puta mulher fogosa e sensual que morava com o jogador Maradona,e sua guria retardada e garotinha prodígio precocicamente amadurecidade de estimação Rafaela no restaurante de Dona Jura. A espertalhona e vadia o seduz na lancha e os dois têm um caso intrigante. Até que a pobre Helena perde o bebê e Marcos dá uma festa na casa amarela. Luciana e Helena fazem as pazes e Luciana vai morar com o pai e a madrasta. Ela testemunha os barracos constantes entre Marcos e Helena. Os motivos são que ela não quer deixar de trabalhar, ir às suas festinhas e sair com seus amiguinhos e namoradinhos devassos, enquanto que ele não quer sua mulher andando com vagabundos e exibindo seu corpo pelo mundo afora.

Helena se envolve com Bruno, o fotógrafo gostosão, filho do ex-marido pega-todas que ela conheceu em Petra, mas eis que surge a grande pirralha vilã Rafaela, uma combinacao de Chuck Norris e Sandy Capetinha, que com seu olharzinho macabro de sexta-feira 13 bem enxerido vê tudo e faz chantagens com a modelo, mandando que ela conte histórias de monstro antes dela dormir e que Helena compre para ela todos os tipos de doces e chocolates. A trama tambem é bem complexa,pois a emissora teve que gastar muito com cenas feitas na favela da Rocinha com a personagem putinha, ops.: Sandrinha, que se envolve com um maconheiro da pasada chamado Bené que tem amigos de sangue bom como o compadre "coisa ruim, o datena, a Lady Gaga, Hélio tá sem Pênis, Edir Macedo e as gurias retardadas que em meio turno são aproveitadas como figurantes e depois do expediente fazem a alegria do cameramen. E não podemos deixar de citar a casa da Soraia, uma pré-puta de cabaré, motel, lupanar (diga como você quiser) que descobre que Dora pulou a cerca e faz chantagem com Dora para que ela convença o Maradona a levá-la para a Argentina ilegalmente para assistir um jogo do Ceará X Fortaleza. Também tem o pai dela um ex-mendigo, conhecido como Onofre que é um fofoqueiro de favela que tinha o sonho de abarcar a Dora quando criança, não conseguindo bosta nenhuma.

Troca de protagonista[editar]

Como vocês teliéspéctadoress sabem, a modelete Luciana se acidentou em uma viagem à sede da Jordan Grand Prix, ela sofreu um acidente de busão (como na época era Helena que mandava, a pobre Lu foi de ônibus), fazendo Helena, que tava de carro se sentir culpada, Luciana ficou tetraplégica e foi reclamar pra mamãe que Helena a havia esbofeteado com luvas de boxe sem motivo (o motivo era: Luciana provocou Helena por... sei lá, não vem ao caso, mas que provocou, provocou). Resultado: Luciana virou a protagonista, trocou de noivo (assumiu que tava corneando o Arquiteto Babacão), foi comida duas vezes pelo Gêmeo Ricardão e já move os braços, enquanto Helena se separou, tomou uma bofetada da Mami (ou empregada) da modelete!!!!!!!!!

Luciana e Miguel dando uma volta pelo hospital. Obs: O craque Holandês Wesley Sneijder fez um bico como ator substituindo Alinne Moraes no papel de Luciana porque Alinne estava doente.

Curiosidades[editar]

  • Taís Araújo quase entra em depressão com as críticas que recebeu sobre sua péssima atuação na novela. Manoel Carlos ficou irritadíssimo com as críticas, mandou todo mundo tomar no cu e ainda disse que a novela é dele e ele escrevedo jeito que ele quiser.
  • Numa coisa o Maneco acertou no alvo: pobre gosta de assistir a vida dos ricos, e pobre só aparece como problemático - ou é drogado ou é invejoso, cara ruim, inocente inútil, ou tá metido em encrenca, das brabas.
  • Os depoimentos do final da novela contém casos de superação como o do viciado em crack que largou o vício e agora só fuma maconha.
  • Esta é a única novela que você deixa de acompanhar durante um mês e depois vê que não perdeu nada, pois é só fulano indo na casa de sicrano pra jogar conversa fora e não acontece nada na novela.

Trilha Sonora[editar]

Internacional[editar]

com Thiagato Lacerda na capa, mostrando o dedo do meio de cabeça para baixo para você se comprou a bosta do CD nacional.

  1. Falling for You - Colbie Caillat
  2. 22 - Lily Allen
  3. Disappear - Beyoncé (não entrou pro CD por causa dos "direitos autorais". Vá se foder...)
  4. I Want to Know What Love Is - Mariah Carey
  5. Hush Hush Hush Hush (Dave Audé remix) - The Pussycat Dolls
  6. Did it Again - Shakira (escrita por ela e Pharrell Williams - você sabe quem é)
  7. Heroes & Saints - Nikolaj Grandjean
  8. Lost Inside Your Heart - Marina Elali & Jon Secada
  9. I Look to You - Whitney Houston (ainda era viva)
  10. Head Over Heels - Alain Clark
  11. Do For Love - Sabrina Starke (do álbum Goodbye Yellow Brick Road, mas não é nenhum tributo aos Beatles)
  12. Let Go - Mia Rose (é que nem a Nelly Furtado - meio portuguesa, meio canadense)
  13. Tu Es ma Came - Carla Bruni
  14. My Girl - Tiago Iorc
  15. What The World Needs Now is Love - Traincha
  16. La Llave de mi Corazón - Juan Luis Guerra

Lounge[editar]

capa: Luciana, quando ainda andava

  1. Dante's Prayer - Loreena McKennit
  2. Wish you Were Here - Bliss
  3. Uninvited (Big Ocean Acoustic Mix) - Freemasons feat. Bailey Tzuke
  4. King of Rome - Pet Shop Boys (não é dos anos 80)
  5. How Many Loves - Naomi (não a Campbell, outra)
  6. My Funny Valentine - Living Theater feat. P. Melas
  7. Message from the Universe - Yves Coignet
  8. Surround Me With Your Love - 3-11 Porter (é provável que já conheça essa baladinha)
  9. Lover's House - City Reverb (1ª eletrônica do CD)
  10. A New Planisphere - Al-Pha-X
  11. Horizon - Paul Schwartz
  12. For You to See (Tiger Stripes remix dub) - Markus Enochson feat. Masaya (2ª eletrônica do CD)
  13. Schwere Träume - Sarah Brightman
  14. Pyramid - Yves Coignet
  15. Gymnopédies Nº 1 - Natasha Marsh
  16. Lascia - Paul Schwartz (fodona)
  17. Señorita Bonita - Tape Five (ouça.)

Nacional (grande merda...)[editar]

com Taís Negraújo na capa

  1. A Mulher que Eu Como - Rei do Viagra
  2. Goze Até o Fim - Maria Putana
  3. Mar de Lama e Sol atrás das nuvens de chuva - Cal Gosta
  4. Sei Lá... a Pica tem sempre um Cabeção - Mi Úsa, Tom Jobim & Mico Buarque (de abertura mas que se foda)
  5. Shimbalaiê - Maria Sapatão
  6. Esconderijo - Ana Rañas
  7. Mi Ganhas - Simone (quando a Bárbara Paz enche a cara e despiroca)
  8. Gostava Tanto de Dar Pra Você - Tânia Amarra
  9. Deve se foder - Jorge Vercillo
  10. Bostel - Raul Seixas
  11. Caminhos Cruzados na Augusta às 23 horas - Milton No Cimento & Jobim Trio
  12. Sucedeu Assim Assado - Tom Jobim
  13. Vem Pra Cá... Lunga - Babas da Língua
  14. Partido Baixo - Cássia Eller
  15. Pra Ser Amor (você deve tirar toda sua roupa, cadela!) - Ricky Vallen (wtf?)
  16. Faça um Peidinho - Dalto
  17. Chica Chica da Silva Boom Chic a negra - Bebé Gilberto dá pra Carlinhos Brown
  18. Baby de Babylon - Lulu Santa

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/e/e1/Desciclo_e_voc%C3%AA_%28menor%29_copy.png}}